O meu parto normal

A minha espera acabou em 19/11/2013, quando nasceu a minha filha, Maria Flor.
Ela chegou com 40 semanas e 3 dias, o que fez da minha “hora” ainda mais intensa. A previsão do parto passou da real data do nascimento, e quando finalmente senti as tão aguardadas contrações, eram 01h30 da madrugada de 18/11/2013.
O trabalho de parto não foi nada fácil, e a tal dilatação de 4 cm se manteve por horas, e depois de vários exames, 4cm se tornaram 8 cm, o que não era o bastante. A bolsa foi rompida com intervenção. Segui as orientações da equipe e andei, virei, mexi, rolei na bola de parto, fiz força para baixo, respirei fundo, e nada. Então, quando não acreditava mais que o parto seria normal, senti a milha filha “coroando”.
A partir desse momento foi tudo muito rápido; a dor acabou e ficou a deliciosa sensação do fim da espera, e da descoberta do rostinho do meu bebê. Ela nasceu às 05 horas da manhã do dia seguinte ao internamento. A dor e o trabalho de parto são longos, mais a recompensa é maravilhosa. A minha flor!

Naiara Maia


  • Rodape

    Copyright © 2013 Gestass Assessoria. Todos os direitos reservados.
    Tel:(73) 99143-8307