Tratamentos para a infertilidade masculina e feminina


A maioria das pessoas imagina que engravidar é algo fácil, mas a realidade é que o potencial reprodutivo da espécie humana é baixo. Mesmo pessoas jovens sem qualquer problema de fertilidade possuem em cada ciclo uma possibilidade de gravidez que gira em torno de apenas 25%. Por isso recomenda-se procurar um especialista em fertilidade após um ano de tentativas, o que corresponde a chances acumuladas de engravidar de 90%. A não ser que a mulher tenha mais de 35 anos, sua fertilidade começa a diminuir com mais velocidade, e por isso, recomenda-se reduzir o tempo de espera para procurar o especialista de 06 meses. A causa da infertilidade pode ter origem em fatores internos (genética, idade) ou externos (meio ambiente e hábitos).

Diferentes exames podem ser solicitados para detectar a causa da infertilidade, porém, na maioria das vezes a solução estará entre dois tratamentos: a Inseminação Artificial ou a Fertilização in vitro ( FIV). Sendo somente alterações leves, aquelas que podem ser solucionadas com outras indicações e apoio de um ginecologista ou urologista, sem a necessidade de um especialista em reprodução humana assistida.

Principais causas da infertilidade Feminina

  • Fator ovulatório: problemas com a ovulação, ausência da mesma ou baixa qualidade dos óvulos. Às vezes os problemas de ovulação surgem com a queda natural da fertilidade. Isso ocorre porque os óvulos nascem com a mulher e vão perdendo qualidade com o passar dos anos, diferente dos espermatozoides, que são produzidos continuamente ao longo da vida do homem;
  • Fator tubário: Devido a lesões ou obstruções nas trompas de falópio;
  • Endometriose: Nem sempre a endometriose causa infertilidade, porém o avanço desta doença, que se caracteriza pela presença do tecido interno do útero fora do seu local de origem, o que pode comprometer a fertilidade ou dificultá-la. Existem situações onde a endometriose deve ser tratada para possibilitar a gravidez espontânea, porém, é preciso um tempo de recuperação cirúrgica antes da gravidez, por isso, o especialista irá analisar o custo benefício da cirurgia para a paciente, considerando as chances de restabelecer a fertilidade e de contar com uma boa reserva ovariana até que a recuperação ocorra;
  • Doenças sexualmente transmissíveis: Atualmente a Clamídia é considerada a principal causa de infertilidade evitável. Se não tratada a tempo, a infecção pode comprometer as trompas, quando tratada a tempo, permitirá que a mulher engravide de forma espontânea.

Outros fatores de risco que muitas vezes, se tratados de forma precoce, permitem a recuperação da fertilidade: doenças de tireoide uso de antidepressivos, consumo de álcool, drogas, fumar e obesidade.

Principais causas da infertilidade Masculina

  • Alterações na produção do esperma: baixa qualidade e/ou mobilidade dos espermatozoides;
  • Varicocele: 40% dos casos de infertilidade masculina são devidos à varicocele, também conhecida como varizes dos testículos. Muitas vezes antes de tentar um tratamento de Fertilização in Vitro, o especialista procura tratar o caso das varizes para reverter o quadro de infertilidade. A indicação dependerá de cada caso;
  • Alterações no trato genital ou problemas de ereção.

Outros fatores de risco se tratados de forma precoce permitem a recuperação da fertilidade: consumo de álcool, anabolizantes, drogas, fumar e obesidade

Como é o tratamento de Inseminação Artificial?

O tratamento de Inseminação Artificial (IA), conhecido também por Inseminação Intrauterina (IIU) consiste em fazer a estimulação leve dos ovários, acompanhamento da ovulação e no momento que acontece a ovulação, injetar pela cavidade uterina os espermatozóides coletados e preparados em laboratório. Basicamente a Inseminação Artificial diminui a distância entre o óvulo e o espermatozoide para facilitar a gravidez, sendo um tratamento indicado para casais jovens com casos leves de infertilidade.

Como é o tratamento de Fertilização in Vitro (FIV)?

A Fertilização in Vitro (FIV) é um tratamento de alta complexidade indicado para casos mais avançados de infertilidade, que são onde a idade da mulher é superior a 35 anos, o que reduz muito as chances de bons resultados com a Inseminação Artificial por conta do envelhecimento dos óvulos. A FIV também é indicada em casos onde existem impedimentos para a fecundação espontânea, como por exemplo, obstruções nas trompas ou laqueadura.

Será também agregado à Fertilização in Vitro (FIV), casos graves de infertilidade masculina como a azoospermia, onde é necessário realizar uma punção testicular para tentar encontrar espermatozoides vivos nos testículos que por alguma razão não estão sendo ejaculados.

Associados à Fertilização in Vitro(FIV) também é possível realizar o diagnóstico das alterações cromossômicas dos embriões (PGS), que podem estar levando o casal a sofrer abortos de repetição ou não obterem a gravidez, mesmo após diversas tentativas de Fertilização in Vitro (FIV). Algumas vezes as causas genéticas da infertilidade não são analisadas como deveriam, o que pode dar a falsa sensação de que o casal sofre de infertilidade sem causa aparente, quando na verdade não foram realizados todos os exames necessários para identificar uma eventual causa genética de infertilidade.

Sobre o IVI

Com sede em Valência, na Espanha, o Instituto Valenciano de Infertilidade (IVI) iniciou suas atividades em 1990. Possui mais de 40 clínicas em 10 países e é líder em medicina reprodutiva. O grupo conta com uma Fundação, um programa de Docência e Carreira Universitária.
Contato IVI Salvador: (71) 3014 9999


  • Rodape

    Copyright © 2013 Gestass Assessoria. Todos os direitos reservados.
    Tel:(73) 99143-8307