Por que a mulher menstrua?

Por que a mulher menstrua?

Ciclo MenstrualApós a puberdade, a hipófise – uma glândula localizada próximo ao encéfalo -, estimula os ovários a produzirem determinados hormônios que modificarão o organismo feminino durante o ciclo menstrual. Esse ciclo pode ter uma duração variável de 21 a 35 dias, sendo a média de 28, mas, para fins didáticos, considera-se o começo do ciclo o primeiro dia da menstruação. O processo é dividido em três fases principais: a menstrual, a folicular ou proliferativa e a secretória ou lútea.

A fase menstrual tem início quando os níveis hormonais de estradiol e, principalmente, da progesterona, estão baixos por diminuição de estímulo sobre os ovários. Essa fase normalmente dura entre 02 e 06 dias, com média de 04 dias, período em que a mulher apresenta o sangramento genital, mais conhecido como menstruação. Seu conteúdo provém da descamação da camada superficial do útero, o endométrio, e do rompimento de alguns vasos sanguíneos do mesmo. A partir daí, a hipófise começa a reestimular o ovário a produzir hormônios que recomponham o tecido perdido, dando início à fase proliferativa.

Nessa próxima fase, o hormônio FSH, também produzido pela hipófise, seleciona um folículo ovariano (estrutura que abriga o óvulo), para desenvolver-se. Este folículo aumenta os níveis de estrógeno no organismo que, por sua vez, estimula a proliferação das células endometriais.

No final dessa fase, há um pico na produção de outro hormônio hipofisário, o LH, seguido de uma queda abrupta do mesmo, o que faz com que o folículo selecionado se rompa, liberando o óvulo. Esse fenômeno denomina-se ovulação e, em ciclos de 28 dias, ocorre no 14º dia, ou seja, 14 dias após o início do sangramento, o qual denomina-se período fértil, onde existe a maior probabilidade de ocorrer fecundação – junção do óvulo liberado com o espermatozóide -.

Após a ovulação, forma-se uma espécie de cicatriz no ovário, chamada corpo lúteo, responsável pela principal fonte de progesterona no ciclo. É iniciada então a fase lútea, na qual acontece a preparação do endométrio para receber um possível feto. Esse período não tem duração fixa, como a fase anterior, podendo variar de 10 a 14 dias. Caso não ocorra a fecundação, após o fim dessa fase, ocorre a queda da produção de progesterona e há o sangramento, dando início a um novo ciclo.

Ocorrendo a fecundação, acontecerá a formação de células que produzirão outro hormônio, a Gonodotropina Coriônica (hCG), responsável por manter o corpo lúteo e a produção de progesterona, tornando possível o desenvolvimento embrionário e impedindo a menstruação.

Autoras: Maria Tereza Karaoglan e Ananda Carneiro, membros da LAGOB.


  • Rodape

    Copyright © 2013 Gestass Assessoria. Todos os direitos reservados.
    Tel:(73) 99143-8307