Mudanças no calendário vacinal de 2017 da rede pública de saúde do Brasil

Calendário Vacinal
O ano de 2017 já se inicia com mudanças no calendário vacinal para todas as idades, com isso, torna-se essencial que os pais não só se preocupem com a vacinação dos filhos, mas com as deles também, principalmente as gestantes e mulheres em idade fértil que planejam engravidar.

Muitas doenças surgem de forma sazonal, ou surtos e sempre levam a correrias nos serviços de vacinas desnecessariamente, enquanto que se prevenidas por meio de vacinação no prazo correto não causariam tantos problemas e indisposições como visto recente no caso da febre amarela no país. Manter o cartão de saúde atualizado e de fácil acesso é uma recomendação de cuidado importante com a saúde também.

Importante lembrar que vacina deve ser dada no intervalo das doses corretamente, não pode esquecer atrasando e nem antecipando, pois existe prazo para efeitos no sistema imunológico e ganho de imunidade, principalmente nas crianças.

Segue abaixo as novas mudanças do calendário para 2017:

VACINA ESQUEMA ANTIGO ESQUEMA NOVO
MENINGOCÓCICA C Reforço infantil até 2 anos Reforço infantil até 4 anos.

Disponível para adolescentes reforço de 12 e 13 anos

TRIPLICE VIRAL (SARAMPO, CAXUMBA E RUBÉOLA) 1 dose 12 meses e a 2ª dose até 19 anos Introdução da 2ª dose para população 12 meses a 29 anos.

1 dose de 30 a 49 anos

TETRA VIRAL (SARAMPO, CAXUMBA, RUBÉOLA E VARICELA) 1 dose para crianças de 15 meses até 2 anos Administrada de 15 meses até 4 anos
dTpa Adulto (DIFTERIA, TÉTANOS E PERTUSSIS ACELULAR) dT (difteria e tétano) durante a gestação, 3 doses se esquema incompleto ou 1 dose de reforço se esquema completo Recomendada para gestantes uma dose a partir de 20ª semana de gestação.

Mulheres não vacinadas na gestação devem receber uma dose no puerpério(45 dias após o parto)

HEPATITE A Crianças até 2 anos Para crianças de até 5 anos
HPV Meninas de 9 a 13 anos.

Mulheres com HIV e aids entre 9 e 26 anos

Meninos de 12 a 13 anos.

Meninas até 14 anos.

Homens e mulheres com HIV e aids entre 9 e 26 anos.

Pessoas Imunodeprimidas (transplantados e pacientes oncológicos)

Fonte: Ministério da Saúde em http://portalsaude.saude.gov.br

Daniela Nascimento

Enfermeira Obstetra/Sócia Propriet. da Emp. Gestass
COREN-BA -290.335


  • Rodape

    Copyright © 2013 Gestass Assessoria. Todos os direitos reservados.
    Tel:(73) 99143-8307