Você quer engravidar?

Você quer engravidarEsse tópico é para você, futura mamãe, que está pensando em engravidar pela primeira vez, ou está se atualizando com relação às novidades e informações para uma nova gestação.

Engravidar é um processo natural, mas exige da mulher alguns cuidados para que, ao final, chegue aquele bebê querido e esperado, ímpar na sua vida, com saúde e felicidade.

Se você idealiza um filho, nestas condições, a leitura dos itens abaixo lhe oportunizará um conteúdo adequado para trilhar os caminhos certos para a futura gestação. Leia com atenção, pois estes cuidados são os ideais para o seu conforto e segurança, e também do seu bebê.

Não esqueça que, além do cuidado com a saúde, um bom planejamento pré-concepcional fará bem, não somente a você e ao bebê, mas a toda a família.

  1. A mulher deve conhecer o seu corpo, e o seu ciclo menstrual;
  2. Antes de qualquer iniciativa, deve buscar o seu médico ginecologista e conversar sobre o seu desejo de engravidar e as suas possibilidades;
  3.  Caso esteja fazendo uso de algum método contraceptivo, resolva com o seu médico sobre o melhor momento e forma de parar a medicação. Não tome essa iniciativa sozinha, sem a avaliação adequada;
  4. Realize uma avaliação odontológica antes de engravidar. Problemas odontológicos devem ser solucionados antes da gravidez, pois caso necessite algum tratamento, ficará mais fácil fazê-lo antes da gestação e do período de aleitamento;
  5. Se possuir um plano de saúde, verifique o que ele oferece e permite durante a gestação, pois podem ocorrer exames e procedimentos não contemplados e que necessitem de uma programação financeira da família;
  6. Verifique também o histórico pessoal e familiar, tanto seu quanto do parceiro, com relação a possíveis problemas de saúde: histórico de doenças sexualmente transmissíveis (DST’s); doenças crônicas; uso de medicamentos ou cirurgias anteriores; tratamentos de estética recentes; tratamento de saúde, recentes e do passado. Anote tudo e passe ao seu médico, que fará a avaliação adequada, pois isso ajudará na tomada de decisões corretas e na orientação melhor quanto ao que você deve fazer para engravidar;
  7. Realize exames, conforme solicitação médica. Esses exames são, na maioria, os mesmos ou parecidos aos que se realizam quando gestante. Caso haja alguma positividade indesejada, é mais confiável e melhor se tratar antes da concepção do que após ela ocorrer. Exames como sorologia para hepatite b e c, HIV, citomegalovirus, fator Rh, tuberculose, glicemia, sorologia pra rubéola e toxoplasmose, são alguns exames importantes, pois essas doenças, ou a falta de anticorpos para algumas delas, são fatores de risco na gravidez;
  8. Peça ao seu médico uma avaliação da glândula tireóide. O bom funcionamento dela, ou o seu controle, é de grande importância no período gestacional, tanto para a saúde da mãe com a do bebê;
  9. Fazer uma avaliação ginecológica geral e das mamas, também garantirá uma gestação tranqüila, pois algumas doenças sexualmente transmissíveis, bem como problemas ginecológicos exigem um tratamento longo, antes da concepção;
  10. Atualize o seu calendário vacinal, pois poderá necessitar de alguma vacina que durante a gestação não possa tomar;
  11. Controle de doenças crônicas como: hipertensão, diabetes, hipo ou hipertireoidismo, epilepsia e asma, antes da gestação, é imprescindível, devido à possibilidade de modificações durante a gravidez;
  12. Se achar necessário e importante para a família, faça uma avaliação com um geneticista, pois caso haja problemas genéticos sérios, em uma das famílias envolvidas, serão feitas as preparações e levantamentos de situações possíveis;
  13. Melhore a sua dieta. Passe a se alimentar de maneira saudável, aumente o consumo de legumes, frutas, folhas, alimentos ricos em ácido fólico, ferro e cálcio. Pesquisas mostram que o aumento de algumas vitaminas no corpo reduz a possibilidade de defeitos na formação do tubo neural do feto, e de outros problemas. E não se esqueça de beber muita água;
  14. Aproxime-se do peso ideal, o quanto possível; fique em forma, sem exageros, mantenha a atividade física;
  15. Reduza o consumo de gorduras, açúcares e cafeína, (encontradas no café, refrigerante, chás e outros alimentos), e de bebidas alcoólicas. Pare de fumar e elimine o uso de drogas ilícitas e de medicamentos sem receitas médicas;
  16. Relaxe e descanse mais. Uma vida muito agitada e sem rotinas não ajuda em nada na concepção. Prefira uma vida saudável para ter uma gravidez tranquila.
  • Rodape

    Copyright © 2013 Gestass Assessoria. Todos os direitos reservados.
    Tel:(73) 99143-8307