A consulta com o obstetra e as dúvidas da gestante

Quando a mulher descobre a gestação, deve imediatamente marcar uma consulta para o início do pré-natal com um médico obstetra de sua confiança, ou um médico obstetra indicado pela sua ginecologista, pois ele é o profissional capacitado a realizar o acompanhamento da gestação até o período puerperal (pós-parto). Nessas consultas haverá o acompanhamento de mudanças fisiológicas da gestação e detecção e tratamento precoce de dificuldades e problemas tanto com a mãe quanto com o bebê, além de programar e descobrir a data do parto.

O ministério da saúde recomenda que toda gestante faça no mínimo seis consultas de pré-natal até o final da gestação. No serviço público a gravidez sem risco pode ser acompanhada pela enfermeira obstetra e com consultas complementares com o médico obstetra, já as gestações de alto risco, devem ser acompanhadas por exclusivamente por médicos obstetras. Nos serviços particulares as consultas de pré-natal geralmente ocorrem exclusivamente com obstetras, com uma consulta mensal até 29 semanas, consultas quinzenais a partir de 32 semanas e semanais das 38 até a data provável do parto.

Durante essas consultas, o médico obstetra ou a enfermeira deve realizar acompanhamentos básicos regulares como, pedidos de exames de sangue específicos da gestação (e os normais), ultrassonografias, realizar a dinâmica uterina (posição do feto, altura uterina), pesar, fazer a curva de crescimento do bebê, orientação de vacinas e medicamentos entre outros. Porém toda consulta deve ser principalmente um espaço para as mães tirarem suas dúvidas, questionar medos, aflições e experiências vividas durante as mudanças do corpo e da mente da gestação.

As mudanças que as mulheres passam na gestação são de cunho hormonais, para que o corpo faça a concepção correta e gere um bebê dentro de uma dinâmica positiva para os dois. Essas alterações se refletem diretamente nas funções e hábitos diários de vida da mãe, principalmente as questões emocionais e psicológicas, o que geram sempre dúvidas do tipo se é “normal?” ou “só eu estou sentindo isso?”.

Muitas dessas dúvidas e medos respondem diretamente no ciclo gravídico e puerperal de forma negativa ou positiva para as famílias, a exemplo de hábitos e atividades sexuais do casal, assunto que é sempre um tabu e deve ser abordado pelos dois lados, o médico e a paciente.

É aconselhável que a cada consulta a gestante leve um bloquinho com todas as principais mudanças ocorridas no corpo para conversar com o obstetra, as questões de medicamentos, rotinas de trabalho, alimentação, para que elas fiquem mais tranquilas e não entrem em pânico por qualquer alteração. Muitas vezes alguns dos sintomas de início da gestação se repetem no final, e a mãe que conhece seu corpo e sabe como conduzir algo diferente, porque foi orientada pelo profissional, fica muito mais segura de reconhecer e conduzir de maneira adequada.

Ouvir os conselhos das avós, das tias e da própria mãe são sempre bem vindos, porém, assuntos relacionado à gestação e cuidados com o bebê estão sempre em mudanças por conta de estudos e pesquisas, e essa é uma questão muito debatida nas famílias, gerando desentendimentos muitas vezes. A melhor opção é unir e testar atitudes e condutas que médicos que estão no cuidado da gestante aprovem e ficar com aquelas que dão certo, evitando assim, problemas desnecessários com o bebê e com a mãe.

Pesquisar assuntos relacionados à gestação, cuidados com bebês, sintomas e experiências vividas por outras mães na internet e grupos são sempre interessante, mas tem que ter um cuidado grande, pois nada substitui uma consulta médica. Comparações nunca são válidas, e a melhor opção é buscar conhecimentos no lugar certo, ter apoio da família, participar de palestras e cursos para pais com profissionais capacitados, leituras em site de confiança e livros da área.

O bom mesmo é sempre lembrar e ter em mente que cada mulher é diferente, cada gestação é diferente e cada bebê é diferente.


  • Rodape

    Copyright © 2013 Gestass Assessoria. Todos os direitos reservados.
    Tel:(73) 99143-8307